Digite para buscar

Ato Divino?

Raio destrói muro com grafite de George Floyd em Ohio

Mural da cidade de Toledo foi reduzido a amontoado de tijolos. Mesmo com todas as evidências apontando para relâmpago, autor de grafite suspeita de "vandalismo"

Avatar
Compartilhar
Raio destrói muro com grafite de George Floyd em Ohio

Um muro grafitado com a imagem de George Floyd virou um amontoado de entulhos nesta terça-feira (13) após ser atingido por um raio, na cidade de Toledo, estado de Ohio, nos EUA.

Não houve tempo hábil para a imprensa local colocar a culpa nos suspeitos de sempre, extremistas cheios de ódio da direita nazifascista, já que testemunhas dizem terem visto um raio por volta das 16h30 e um radar meteorológico confirmou que houve mesmo uma descarga elétrica atmosférica naquela hora e local.

Mesmo assim, o canal local 13Abc diz que há “relatos conflitantes” em relação à queda do muro. O “relato conflitante” da TV é a fala de um inspetor de obras da cidade que disse que o prédio onde o muro ficava é “estruturalmente sólido”.

Raio destrói muro com grafite de George Floyd em Ohio

O autor do grafite, David Ross, fez coro à narrativa: “Essa coisa de raio, é até possível, mas eu sei que [o muro] não caiu simplesmente”, afirmou Ross ao site The Blade.

Ao comentar o caso em artigo no Summit News, Paul Joseph Watson adverte que “alguns denunciarão Deus como racista por este ato grosseiramente preconceituoso e exigirão seu cancelamento imediato.”

Mas há um erro em sua afirmação, meu caro Watson. Deus já foi cancelado, há séculos, por esta turma.


Com informações de 13ABC, Insider e Summit News


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1