Grande dia

PF bate recorde: R$ 548 milhões confiscado do crime organizado até julho

Um recorde que superou o ano passado. Nos doze meses de 2018, a PF apreendeu R$ 451 milhões. Moro parabeniza: "o crime não pode compensar"

 

A Polícia Federal, sob o comando de Sergio Moro, apreendeu R$ 548 milhões do crime organizado e da lavagem de dinheiro do tráfico de drogas até julho. É um recorde que superou o ano passado. Nos doze meses de 2018, a PF apreendeu R$ 451 milhões.

Moro usou a sua conta do Twitter para destacar os seguintes pontos de tal recorde:

  • Estratégia universal
  • Prisão dos membros do grupo
  • Isolamento dos lideres
  • Confisco do patrimônio do crime.

Pela primeira vez no Brasil, parece que o crime não anda compensando.

 


Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Sem mais artigos