Vou chamar meu pai!

Putin chama renúncia de Evo Morales de “golpe” e faz alegria da esquerda brasileira putinesca

O autocrata criminoso de guerra que manda gays para a prisão vira herói de esquerdistas por dar indiretinha a Bolsonaro

Publicidade

A baixa imunidade moral da esquerda já é sabida. O que importa é aquilo que cabe na sua narrativa. Defender bandidos do colarinho branco, ladrões de banco, ladrões de países. assassinos em série, genocidas, ditadores, nada disso importa se servir para corroborar a visão tacanha e infantilóide dessa turma

Putin mandou um recado para os governos que apoiaram a mudança de governo na Bolívia. Chamando de golpe, Putin acusou a oposição de ser violenta.

Após renúncia de Evo Morales, Rússia manda recado ao Brasil e EUA

Putin, sedento de poder, costuma calar seus adversários das formas menos ortodoxas possível. Recentemente, o governo russo travou o livre tráfego de informações pela internet. Putin não gosta de gays também. Mas se ele está contra Bolsonaro, tem o aval para perseguir quem quiser, inclusive os gays.


Desprovidos de atitude, esquerdistas aplaudem Putin como se fosse o papai vindo tomar satisfações com o amiguinho mais forte. É a total infantilização do debate.

————-

Conheça o plano do centrão e da isentosfera para derrubar Bolsonaro e censurar as redes sociais na nossa revista exclusiva para patronos!

O Senso Incomum agora tem uma livraria! Confira livros com até 55% de desconto exclusivo para nossos ouvintes aqui

Publicidade
Sem mais artigos