Pedofilia

Condenado por pedofilia pegou 73 anos de cadeia em 2019

Pedófilo disse que sua irmã, mãe de duas das vítimas, sabia de tudo que estava ocorrendo, mas não o denunciou, pois recebia uma pensão dele de R$ 600 por mês

Publicidade

Um pedófilo morador de Ceilândia, Brasilia, foi condenado a 73 anos de prisão por abusar de sete crianças, três são suas sobrinhas, além de estupro de vulnerável.

A maioria dos abusos ocorriam com meninas por volta dos 5 anos de idade e cessavam, segundo uma das vítimas, por volta dos 13 anos.

De acordo com a policia, foram encontrados brinquedos na casa do pedófilo: carrinhos, bonecas, ursos, jogos para crianças, cama elástica, piscinas infantis de plástico, além de doces, chocolates e balas.

“A polícia também apreendeu tablets, celulares, notebooks, pen drives, desenhos de crianças colados na parede e filmagens dos abusos cometidos“, descreve a reportagem do Correio Braziliense.

O criminoso confessou os crimes perante o juiz. Disse que sua irmã, mãe de duas das vítimas, sabia de tudo que estava ocorrendo, mas não o denunciou, pois recebia uma pensão dele de R$ 600 por mês.


Saiba o que está por trás da CPMI das Fake News, o tema mais urgente do ano, em nossa nossa revista.

O Senso Incomum agora tem uma livraria! Confira livros com até 55% de desconto exclusivo para nossos ouvintes aqui

Faça o melhor currículo para arrumar um emprego e uma promoção com a CVpraVC

Compre sua camiseta, caneca e quadro do Senso Incomum em nossa loja na Vista Direita

Conheça a loja Marbella Infantil de roupas para seus pequenos (também no Instagram)

Faça os cursos sobre linguagem e sobre Eric Voegelin (e muitos outros) no Instituto Borborema

Faça gestão de resíduos da sua empresa com a Trashin de maio 

Siga-nos no YouTube Instagram

Publicidade
Sem mais artigos