Victory

Trump declara dia 22 de janeiro como “Dia da Santidade da Vida”

A data marca o aniversário da decisão "Roe vs Wade", caso de ativismo judicial que tornou o aborto legal na América sem consulta popular

Publicidade

O presidente dos EUA, Donald Trump, proclamou hoje, dia 22, como o Dia Nacional da Santidade da Vida Humana.

“Nunca desistiremos de defender as vidas inocentes – seja em nossa nação ou no exterior”, disse Trump no documento oficial emitido ontem.

A data tem um simbolismo muito forte, pois dia 22 marca o aniversário da decisão judical “Roe vs Wade” que tornou o aborto legal na América sem consulta popular.

Aqui no Senso Incomum, há um artigo de Flavio Morgenstern que explica este fato e como se tornou o maior caso de ativismo judicial da história:

“Roe x Wade é um caso estudado no mundo inteiro não pelo seu conteúdo, mas pela forma: foi o maior caso de ativismo judicial da História, quando juízes inventam leis de estro próprio, que não foram debatidas, eleitas e decididas pela população.”

No final do discurso, Trump agradece ao movimento pró-vida por ajudar mulheres com gravidez “inesperada”, além de proporcionar cura para aquelas que abortaram.

Confira neste link a integra do documento.


Conheça a importância da Primeira Guerra Mundial assinando o Guten Morgen Go – go.sensoincomum,org!

Publicidade
Sem mais artigos