Poste

Haddad é Lula! Ex-prefeito é condenado a 4 anos e meio no semi-aberto por caixa 2

O ex-prefeito Fernando Haddad, derrotado na prefeitura e na presidência, fará jus ao slogan de campanha virando presidiário como Lula

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Andrade, conhecido pela Justiça como Fernando Haddad, foi condenado a quatro anos e meio de cadeia no semi-aberto (essa nossa indigesta jabuticaba) pelo uso de caixa 2.

O juiz Francisco Carlos Inouye Shintate, da Justiça Eleitoral, sentenciou Haddad a quatro anos e seis meses de reclusão no semi-aberto, graças ao uso de recursos da empreiteira UTC, de Ricardo Pessoa, na confecção de material de campanha de 2012.

É sempre curioso notar como empreiteiros têm tanto interesse em financiar campanhas dos supostos “trabalhadores”, do partido vermelho tão supostamente contra a elite. Ricardo Pessoa fez uma das delações mais explosivas para a carreira política de Haddad.

Ou melhor, nem precisava de tanto, já que Haddad conseguiu a façanha de não conseguir ser reeleito para a prefeitura da capital paulista mesmo com uso e abuso (como se vê) da máquina, perdendo já no primeiro turno. Convenhamos, nem Maluf, Marta e a tucanalha conseguiram tanto.

Haddad, que tentou criar uma espécie de salário para os viciados em crack quando foi prefeito de São Paulo, poderá agora dormir com seus amigos do lumpesinato e dar aulas sobre como criminosos devem tomar a dianteira da revolução socialista, como é a tese frankfurtiana tão defendida por ele. Resta saber se vai chamar isso de “trabalho” para a Justiça.

A defesa afirma que irá recorrer. Talvez com o mesmo destino das “recorrências” (sic) de Lula.

Bora comemorar na Paulista?

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Sem mais artigos