Digite para buscar

Queridinho da redação

O Globo sobre piada racista de Haddad: “Haddad é criticado sobre caso Robinho e apaga post do Twitter”

Jornal da militância haddadista dá passada de pano básica. Se fosse com Bolsonaro ou Bia Kicis, "RACISTA" estaria na capa e em todas as colunas

Avatar
Compartilhar
Haddad, Meirelles, Yascow, disparos

O ex-prefeito de SP e poste do Lula, derrotado nas eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, postou um “chiste” no seu Twitter que foi interpretado como racista. Haddad apagou rapidamente o post quando viu que pegou mal.

Em referência à obra “Casa Grande e Senzala”, de Gilberto Freyre, Haddad faz trocadilho considerado racista pela militância

É preciso ZERO esforço de imaginação para adivinhar como seriam as manchetes em todos os jornais caso o autor da piadinha fosse Bolsonaro ou qualquer político ou jornalista não alinhado às pautas esquerdistas.

Mais um dos incontáveis exemplos que explicam o motivo da crise de credibilidade da grande mídia.

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1