Vitória

Governo britânico proíbe 5G da Huawei no país

Boris Johnson quer empresa de espionagem chinesa fora até 2027. No Brasil, Doria fará com que os comunistas invistam US$ 800 milhões em SP

O presidente Donald Trump, além do ex-estrategista da Casa Branca Steve Bannon, mais o líder do Brexit, Nigel Farage e o Centro Britânico de Segurança Cibernética (NCSC, sigla em inglês) consideram a empresa chinesa de telecomunicação Huawei uma ameaça à segurança nacional dos países.

O governo britânico comunicou nesta terça-feira, 14, a proibição e suspensão de contratos com a empresa chinesa para implantação da tecnologia 5G no Reino Unido, informou o portal The National Pulse.

“Seguindo o conselho do NCSC, Johnson aceitou que novas sanções dos EUA à Huawei sejam um divisor de águas em relação ao impacto da tecnologia da empresa na segurança nacional do Reino Unido”, informou o portal.

O primeiro-ministro britânico também proibiu a compra de qualquer equipamento 5G da empresa a partir do final deste ano.

A Huawei foi identificada pelo Departamento de Defesa dos EUA como um espião tecnológico do Partido Comunista Chinês:

“Se você controla dados, controla a maneira como vivemos. É certo que agora nós podemos ter uma conversa adulta com a China”, disse o parlamentar conservador Tobias Ellwood.


Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Publicidade
Sem mais artigos