Digite para buscar

Spyphone

Lituânia acusa celulares chineses de espionagem

Ministério da Defesa lituano diz que telefones da Xiaomi e Huawei estariam censurando termos como "Free Tibet" e enviando dados de uso sem consentimento do usuário

Compartilhar
Lituânia acusa celulares chineses de espionagem

O Ministério da Defesa da Lituânia recomendou aos consumidores que evitem comprar telefones celulares chineses e aconselhou aos que já os possuam que se livrem de seus aparelhos, após uma investigação do governo descobrir que os equipamentos traziam recursos de censura embutidos em seus sistemas operacionais.

Os smartphones vendidos na Europa pela Xiaomi têm um recurso integrado de detectação e censura de termos como “Tibete livre”, “vida longa à independência de Taiwan” ou “movimento pela democracia”, informou o Centro Nacional de Segurança Cibernética do Ministério da Defesa da Lituânia.

Segundo o relatório, embora o recurso de censura do telefone Mi 10T 5G da Xiaomi tenha sido desativado para a “região da União Europeia”, ele pode ser ativado remotamente, a qualquer momento.

​​O Ministério da Defesa diz que a lista de termos que podem ser censurados pelos aplicativos do sistema do telefone Xiaomi, incluindo o navegador padrão de Internet, inclui uma lista de 449 termos em chinês que é constantemente atualizada.

“Nossa recomendação é não comprar novos telefones chineses e nos livrar dos já comprados o mais rápido possível”, disse o vice-ministro da Defesa, Margiris Abukevicius, ao apresentar o relatório a repórteres.

A investigação também descobriu que os telefones da Xiaomi estavam enviando dados criptografados de uso do equipamento para um servidor em Cingapura. A mesma falha de segurança foi encontrada no telefone P40 5G, da fabricante Huawei.

A Huawei negou as acusações e a Xiaomi não se manifestou.

Com informações da Reuters


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1