Digite para buscar

Vigilância

Correios dos EUA estão monitorando mídias sociais secretamente

Documento mostra que Serviço Postal americano está monitorando redes sociais secretamente e repassando informações para governo dos EUA

Avatar
Compartilhar
Correios dos EUA estão monitorando mídias sociais secretamente

Uma reportagem do portal Yahoo News relata que o Serviço Postal dos EUA (USPS) está executando um programa secreto de monitoramento de usuários americanos de redes sociais e compartilhando informações com órgãos do governo, como o Departamento de Segurança Interna dos EUA – que, entre outras atribuições, investiga e coíbe o chamado “terrorismo doméstico.”

O portal de notícias teve acesso a um relatório produzido pelo iCOP – Internet Covert Operations Program (Programa de Operações Secretas da Internet, em tradução livre). Este documento mostra que o USPS está envolvido em um esforço de vigilância até então desconhecido pelo público.

O Programa vem monitorando redes sociais em busca de “postagens inflamatórias” e os encaminhando ao governo.

“Analistas do Programa de Operações Secretas da Internet (iCOP) do Serviço de Inspeção Postal dos Estados Unidos (USPIS) monitoraram atividades relevantes relacionadas aos protestos planejados que ocorreram internacional e internamente em 20 de março de 2021”, diz parte do relatório.

O documento também mostra capturas de tela de postagens do Facebook, Parler e outras redes sociais e diz que o programa está monitorando os sites para identificar possíveis ameaças:

“Os analistas do iCOP estão atualmente monitorando esses canais de mídia social para quaisquer ameaças potenciais decorrentes dos protestos programados e irão disseminar atualizações de inteligência conforme necessário.”

Post Office Redacted by Yahoo News

A vice-diretora do programa de liberdade e segurança nacional do Brennan Center for Justice, Rachel Levinson-Waldman, disse ao Yahoo News que o USPS pode não ter autoridade legal para fiscalizar atividades de mídia social.

“Se os indivíduos que eles monitoram estão realizando ou planejando atividades criminosas, isso deveria ser da competência do FBI”, disse Levinson-Waldman. “Se eles estão simplesmente engajados em um discurso legalmente protegido, mesmo que seja odioso ou questionável, monitorá-los com base nisso levanta sérias questões constitucionais”.

“É um mistério”, afirmou o professor de direito da Universidade de Chicago, Geoffrey Stone, ao Yahoo. “Não entendo por que o governo recorreria aos Correios para examinar a internet em busca de problemas de segurança.”

O senador Republicano Ted Cruz ironizou no Twitter: “Finalmente uma resposta à pergunta: Existe alguma agência federal que não esteja espionando os americanos?”

Com informações de Daily Caller e Yahoo News


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1