A América é mais avançada, tem mais Universidades, Prêmios Nobel e a melhor Constituição. O Brasil não entende: por que ela elegeu Trump?

Meus amigos do Brasil: Se vocês acham que Trump é um monstro nazista, racista, sexista, homofóbico e todos os xingamentos que só fazem sentido no imaginário da elite esquerdista global que pensa dominar o mundo, eu tenho uma notícia pra te dar: É duro, mas exatamente porque me importo com você, não vou esconder: Você foi enganado.

PUBLICIDADE

Caio Blinder, Arnaldo Jabor, Guga Chacra, Reinaldo Azevedo e o painel de análise política da Globo News inteiro, juntos, não entendem de política americana mais que uma freira aposentada entende de Kama Sutra.

Donald Trump foi eleito pelo trabalhador rural que perdeu seu emprego pro imigrante ilegal. Ele foi eleito pelos cristãos que foram achincalhados, escrachados, ridicularizados pela equipe de campanha de Hillary Clinton como se viu nos e-mails que o Wikileaks tornou públicos.

Trump foi eleito pelo americano comum que perdeu seu médico por causa do Obamacare, depois do presidente mentir seguidas vezes que isso não aconteceria.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ele foi eleito pelos militares que viram seus irmãos de farda morrerem depois de lutar contra terroristas em Benghazi por 13 horas seguidas, enquanto o presidente Obama e a secretária Clinton estavam ocupados pensando numa farsa sobre um vídeo no YouTube que seria usado como justificativa pra todas as falhas de segurança que levaram ao ataque, pouco antes da eleição em 2012.

Ele foi eleito pelas mães que não querem que seus filhos pequenos tenham como exemplo uma mentirosa patológica, que colocou segredos de Estado em risco num servidor que ela criou em seu porão pra encobrir negócios obscuros entre a Fundação Clinton e governos estrangeiros.

PUBLICIDADE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ele foi eleito pelo americano do interior que está de saco cheio dos milionários esquerdistas de Hollywood e Beverly Hills dizerem pra eles como devem pensar e agir.

Trump foi eleito pelo cidadão comum que quer o poder de volta de quem tem controlado suas vidas nos mínimos detalhes de dentro de gabinetes luxuosos em Washington DC.

Enfim, Trump foi eleito pela maioria silenciosa que aguentou até o limite a soberba e o desdém da elite política, dos universitários de rabinho de cavalo e seus capachos mentirosos na grande imprensa.

Se você está confuso com o que está acontecendo, é porque sua fonte de informações está muito mais confusa que você. Mas não se desespere! Existe salvação. Existe muita gente boa nos EUA e no Brasil comentando o que se passa de forma crítica e calcada na realidade. Esses previram que Donald Trump tinha sim grande chance de ganhar. Procure essas fontes, eduque-se e junte-se a nós. E que a América seja grande novamente.

—————

Não perca o artigo exclusivo para nossos patronos. Basta contribuir no Patreon. Siga no Facebook e no Twitter: @sensoinc

  • Pingback: A “esperança” de Michelle Obama – Vale sem fronteiras()

  • Camila Borges

    Ele foi eleito pelos cristãos e por pessoas que tem amor à vida, que desprezam veementemente a forma como Hillary Clinton trata um ser humano.

  • Rodrigo

    Só não acho que Trump seja esse salvador da pátria que irá trazer de volta esses valores aos Estados Unidos, o histórico dele demonstra isso e as atitudes que estão sendo tomadas por ele também. Precisamos enxergar além dessa dicotomia direita-esquerda que está acirrando ânimos no mundo e se tornando um tanto quanto irracional. Há muitos mais interesses envolvidos nisso, pensar de forma tão rasa é um perigo. Possivelmente Trump será pior em algum desses quesitos apresentados no texto que seu antecessor. Espero que não mas é o que parece nas entrelinhas.

    • Nuke Mecha

      Que histórico?

  • Andrey Enrique Santos

    E é como exemplo nesses americanos que rezo e torço para os Brasileiros silenciosos busquem a sua voz, para mudar a nossa representação dentro daquele Palácio na caatinga.

  • Marco Avellaneda

    Dear Marcelo

    I think that you are giving too much credit to DT. It is true that the working class feels trapped, but this is not necessarily attributable to Obama. As it turns out, inequality is on the rise globally and the American worker is feeling the consequences.

    Illegals did not grab American jobs. Immigrants tend to do jobs that Americans do not want to do (low paying manual jobs). The US working-class has rather list to outsourcing and the international labor market.

    As a (legal) immigrant to the US from Argentina, now US citizen, 7 have the utmost respect for our electoral systemvabdbthebUS government. This is why myself and most Americans accept and welcome the new administration.

    Nevertheless, unless the Trump electoral rhetoric is just talk, I expect some very strange times ahead. Complex problems rarely have simple solutions: we did not get where we are in the US by accident or by bad choices. The wars in Afghanistan and the Middle East, the global financial crisis and the effects of globalization have produced the current state of affairs. it is difficult to see how tax cuts and reneging on trade and immigration will help stop or revert history.

    But this is all in the future! We will have to wait and see.

    Cordially
    Marco Avellaneda

  • Fábio Peres

    Resumidamente, é isso. Trump foi eleito pela “América ferrada”, que foi afundada por Hillary e Cia.

  • David Xavier

    “Os EUA não elegeram a Hillary, eles são machistas”… e bla, bla, bla…

    Eu vi uns idiotas comentando isso em uns posts do Facebook e Twitter. Então vamos ser claros, não é ruim que uma mulher chegue ao poder, ruim é que uma mulher esquerdista chegue ao poder. Um homem esquerdista no poder é ruim (vide Lula), mas uma mulher esquerdista é muito pior (Dilma).

    É quase um conceito mundial dizer que todo homem é safado (apesar de tal afirmação ser extremamente preconceituosa em relação aos homens, quase todos, incluindo homens, concordam). Então, tendo em mente que um homem é menos fiel que uma mulher, um homem esquerdista quando chega ao poder dificilmente tentará implantar na marra as políticas falidas do socialismo, ao passo que se uma mulher se mantém muito mais fiel que o homem, transformar um país grande em uma merda, elas são mais obstinadas que eles.

    É simples, os EUA elegeram Trump pois sabem que, embora haja a possibilidade de ele não querer fazer tudo o que disse, a Hillary tentaria fazer e isso seria extremamente desastroso.

    Temos bons exemplos na história mundial que provam que ter uma mulher no poder pode ser bom, se ela for de direita (o lance da fidelidade que eu comentei a pouco). E o melhor delas é Margaret Thatcher.

  • PRA

    Muito esclarecedor, graças ao meu espirito auto-crítico e “vigilância” eu também não me deixei levar pela astúcia da mídia e até dos comentários das redes sociais. Como americano eu certamente votaria no Trump.

Sem mais artigos