Digite para buscar

Veramagalhismo

Pondé adere ao veramagalhismo para provar que é inteligentinho

Pondé une forças com Vera Magalhães e chama os manifestantes do dia 15 de Bolsochavistas

Compartilhar
Ponde, Vera Magalhães, Gazeta do Povo

Em artigo para o jornal Gazeta do Povo, nesta segunda feira, dia 2, o professor Luiz Felipe Pondé disse que a única maneira de não colaborar com a “gangue de Bolsonaro” será ficar em casa nos protestos marcado para o dia 15, para “evitar contaminação”.

Pondé acredita que os apoiadores do presidente querem minar a representação democrática. E convoca a mídia para “bater de volta”.

“O que Bolsonaro e asseclas andam fazendo com os jornalistas e as instituições visa minar a representação política. E devemos bater de volta”, disse

Sem delongas, Pondé compara o  “método” de Bolsonaro – de se comunicar nas redes sociais com seus simpatizantes – com os desmandos do PT em 16 anos de poder:

“[Bolsonaro] avança em práticas de que Lula fazia uso: populismo agressivo com a intenção de jogar ‘as massas’ contra ‘as elites’ — uma tática simples com efeitos poderosos no plano dos afetos identitários. É banal e óbvia, porém eficaz”

O professor afirma ainda que o chefe do Executivo é um governante autoritário, equivalente aos ditadores venezuelanos Chavez e Maduro:

“O conceito de ‘bolsochavismo’, delineado pela jornalista Vera Magalhães, no domingo, dia 23 de fevereiro, no jornal O Estado de S. Paulo, identifica um fator fundamental: o autoritarismo rompe limites ideológicos.”

O “filósofo” limpinho, contaminado com o discurso único da grande mídia, só faltou dizer que Bolsonaro é a reencarnação de Hitler.


Conheça a importância da Primeira Guerra Mundial assinando o Guten Morgen Go – go.sensoincomum,org!

Assuntos:
Oliver

Oliver é dropista, podcaster e palestrante. Twitter: @Oliver_talk

  • 1