Digite para buscar

Daily broker

Ibovespa varia após fake news sobre demissão de Moro, e volta para o mesmo ponto

Um famoso site de fofocas políticas tem como patrocinadora uma empresa de análises financeiras que lucra com variação diária. Conclua sozinho

Compartilhar
Sérgio Moro demitido amanhã

Uma fake news do “jornalismo profissional”, aquele que “exige recursos”, disse que Sérgio Moro finalmente seria demitido hoje. Aquilo que um certo site de fofocas vem anunciando desde a pré-história. E hoje, chegou na Folha.

O site é patrocinado por uma empresa de publicações financeiras, que lucra muito no mercado de daily broker. Ou seja, daquele investidor que faz operações diárias na Bolsa, aproveitando-se da variação diária do valor de empresas. Mesmo que nada mude no fim, o que importa é sacudir o mercado, sobretudo se, além de você ter a grana, também tem as notícias que fazem sua grana aumentar sem trabalho.

Curiosamente, observando-se o gráfico de quando saiu a fake news sobre a demissão de Moro, até a hora do desmentido, a Ibovespa varia para cima, depois para baixo, e depois volta para o mesmo ponto.

https://twitter.com/opropriopontes/status/1253409569528614917?s=12

Naturalmente, um daily broker ganha MUITO dinheiro com isso. Enquanto isso, empregos são perdidos, empresários se estrepam, o mercado financeiro vai ganhando monopólio sobre os verdadeiros produtores da sociedade – e todo o WhatsApp fica louco com notícias inexistentes. 

Alguns lucram com fake news. Nós, proletariando aqui embaixo, preferimos enriquecer, até mesmo no mercado financeiro, trabalhando com a verdade. Dá trabalho, literalmente. Mas é de verdade.


Guten Morgen Go – Primeira Guerra Mundial já está no ar!! Conheça o conflito que moldou o mundo problemático em que vivemos em go.sensoincomum.org!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós.

Assuntos:
Flavio Morgenstern

Flavio Morgenstern é escritor, analista político, palestrante e tradutor. Seu trabalho tem foco nas relações entre linguagem e poder e em construções de narrativas. É autor do livro "Por trás da máscara: do passe livre aos black blocs". Tem passagens pela Jovem Pan, RedeTV!, Gazeta do Povo e Die Weltwoche, na Suiça.

  • 1