Digite para buscar

Eleições

Bandidos proíbem campanhas em áreas dominadas do Rio e determinam votos

Quadrilhas determinaram que população deveria votar em ao menos três "candidatos". Tribunais de defesa da democracia não se pronunciaram

Avatar
Compartilhar
Bandidos proíbem campanhas em áreas dominadas do Rio e determinam votos

Criminosos ameaçam moradores e candidatos em locais dominados pelo tráfico ou pelas milícias, informou reportagem do telejornal local RJTV, da TV Globo Rio.

Aos moradores, os bandidos não só proíbem o uso de materiais de campanha de candidatos não alinhados, como os ameaçam e intimidam para que votem nos escolhidos pela bandidagem. Já os candidatos que não fecham acordos com os criminosos são ameaçados de morte se fizerem campanha nos locais dominados.

A polícia civil intimou três candidatos: Marcello Siciliano (PP) e Marcelo Diniz (Solidariedade), que concorrem a uma cadeira na Câmara de Vereadores do Rio, e o professor Lenine Ramos (PSDB), que disputa a Prefeitura de Queimados. Segundo o secretário da Polícia Civil do RJ, Allan Turnowsky, “só eles estão podendo fazer campanha em determinados redutos.”

Aprenda mais e irrite seus amigos inscrevendo-se na Brasil Paralelo

De acordo com a reportagem, a polícia informou que 672 colégios eleitorais, que reúnem 2 milhões de eleitores,  situam-se em áreas dominadas pelo crime em todo o estado.

Para certos membros do Supremo Tribunal Federal, o presidente ir a manifestações é um ataque à democracia e merece discursos inflamados. Já o fato de 2 milhões de eleitores não poderem exercer o seu mais básico direito de escolha não rendeu uma só linha de vossas excelências no Twitter.


Seja membro da Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nósVista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1