Digite para buscar

Vergonha alheia

Propaganda eleitoral de Joice Hasselmann solta “Joice é foda”

Propaganda eleitoral da candidata da família, irmã Joice em Cristo com foto de farol aceso, solta a palavra mais polissêmica da língua

Avatar
Compartilhar
Propaganda eleitoral de Joice Hasselmann solta "Joice é foda" Propaganda eleitoral da candidata da família, irmã Joice em Cristo com foto de farol aceso, solta a palavra mais polissêmica da língua

A campanha da candidata pelo PSL na corrida pela prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann, parece um pouco perdida. Na sanha de agradar o maior número possível de eleitores, a deputada já postou foto com o farol aceso, apareceu em culto e posou de irmã Joice em Cristo (mesmo tendo se declarado judia poucos meses antes) e incorporou o apelido de Miss Piggy.

A nova faceta de Joice Hasselmann é ser foda.

https://twitter.com/Fiuza_Pistola/status/1316110428670394370?s=20

Pela primeira vez na história da democracia, um candidato consegue unir 100% do eleitorado em concordância. Quem vai votar na candidata, concorda com a campanha. Quem não vai votar, concorda mais ainda.

Joice incorporou com sucesso o ensinamento de Dilma Roussef (lembram dela?), na época em que era candidata à reeleição, em 2013: “Podemos fazer o diabo, quando é hora de eleição”.

A campanha tenta vender uma mulher competente, bem-humorada e dinâmica. Mas, ao “fazer o diabo”, irmã Joice em Cristo mostra apenas duas facetas: desespero e vergonha alheia.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1