Digite para buscar

Meninice

Antagonista zomba de motoristas do Uber e vendedores de cosméticos para atacar Filipe Martins

Blog de fofocas trata trabalho honesto sem herança milionária como desonra

Avatar
Compartilhar
motorista-uber

Fulton Sheen diz que “se nos encontrássemos a nós mesmos nos outros, nós os odiaríamos”. Essa frase descreve bem o que se passa no coração de todo jornalista profissional. Quando miram algo, encontram-se a si mesmos.

O blog de fofocas O Antagonista, que tem como um dos donos um condenado por informação falsa, achou que a melhor forma de xingar o assessor especial de assuntos internacionais de Jair Bolsonaro, Filipe Martins, era dizendo que se não fosse assessor da presidência seria um motorista do Uber ou um vendedor de cosméticos.

Na matéria Sleep Dwarfs, o blog mexeriqueiro tentou conectar a dupla de supostos donos dos gigantes dorminhocos a Filipe Martins e ao bolsonarismo (???).

No texto, o que vemos é aquele ressentimento típico de quem se acha um Aristóteles enquanto ostenta pensamentos mais simplórios que os contidos numa onomatopéia:

Na verdade, porém, o casal de Ponta Grossa tem exatamente o mesmo perfil dos bolsonaristas, inclusive daqueles que ocupam cargos no governo. Se não fosse assessor de Jair Bolsonaro, Filipe Martins provavelmente estaria ganhando uns trocados como motorista do Uber ou como vendedor de cosméticos.”

anta-capim

A tentativa forçada de ligar idéias incompatíveis num único parágrafo é a confissão descarada da mais mortal das invejas: a do espírito. Qual é o perfil dos bolsonaristas? Ser motorista de Uber? Vender cosméticos? Qual o problema nisso? 

O jornalista profissional do novo milênio é uma espécie de burguesinho deslumbrado com a própria estupidez. Noções que só podem vingar na cabeça notórios filhinhos de papai demonstram como a classe está descolada da realidade mais imediata. 

É a revolta contra os talentos bem lapidados – sentimento típico de quem acha que deve ter tudo ao mesmo tempo. Zombar de profissões honestas para atacar um adversário é comportamento de criança mesquinha e malcriada. 

Meu conselho ao blog é: se for pra desmerecer alguém, melhor xingá-lo de jornalista profissional. 

Não existe, no mundo, ofensa maior.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1