Digite para buscar

A mentira usa botox

Doria dizia que era “fake news” que ele iria fechar o comércio após as eleições

Nenhuma agência de fact-checking se pronunciou - e o governador ainda não foi punido por espalhar fake news, acusando quem disse a verdade de espalhar fake news

Avatar
Compartilhar
doria, multa, covid

As agências de fact-cheking não se pronunciaram após a fake-news do governador de São Paulo, João Agripino, postada no seu Twitter em 13 de novembro, dois dias antes do primeiro turno das eleições municipais.

O deputado estadual Douglas Garcia (PTB) praticamente profetizou os acontecimentos de fevereiro e março deste ano, em resposta ao vídeo do governador.

À época, o então candidato à reeleição, Bruno Covas, disse com todas as letras que tudo não passava de fake news.

Bruno Covas venceu o 2o turno das eleições no dia 29. O resto é história.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1