Digite para buscar

Duas medidas

MP nega necessidade de inquérito contra futebol com a cabeça de Bolsonaro

Enquanto isso, o brasileiro continua não podendo nem fazer piada com os ministros de Vocês-Sabem-Onde que aí vira "atentado contra a democracia"

Compartilhar
MP nega necessidade de inquérito contra futebol com a cabeça de Bolsonaro

Basta ter um mínimo de apego à liberdade para concordar com o desfecho do indiciamento contra a produtora Gorila Company, que fez um vídeo – de péssimo gosto, aliás – com uma simulação da cabeça decapitada do presidente Jair Bolsonaro.

O Ministério Público arquivou o inquérito, de acordo com o portal Consultor Jurídico. O procurador Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, da Procuradoria da República do DF argumentou, acertadamente, que “considerar uma piada, uma crítica social ou uma peça publicitária como “ato ilícito” seria “um exagero hermenêutico.”

O problema é que, ao mesmo tempo, a Procuradoria Geral da República e o MPF trabalham intensamente para criminalizar qualquer opinião contrária aos ministros do  ███, classificando qualquer crítica como “ato antidemocrático.”

Como bem lembra o tuíte abaixo:


Faça parte da Nova Elite Cultural Brasileira​. Assine agora e tenha acesso a 1 ano de conteúdo com R$120,00 de desconto (somente até às 23:59 do dia 18)

Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1