Digite para buscar

E se fosse você?

Patrimônio de Manuela D’Ávila cresce 382% em dois anos

Desde 2018, Manuela D'Ávila viu seus bens saltarem de R$ 94,5 mil para R$ 455,5 mil, mostrando que até para seus maiores opositores o governo de Bolsonaro pode ser bastante vantajoso

Avatar
Compartilhar
Patrimônio de Manoela D'Ávila cresce 382% em dois anos Desde 2018, Manoela D'Ávila viu seus bens saltarem de R$ 94,5 mil para R$ 455,5 mil, mostrando que até para seus maiores opositores o governo de Bolsonaro pode ser bastante vantajoso

Manuela D’Ávila, candidata do PCdoB que lidera a corrida pela prefeitura de Porto Alegre, RS, declarou este ano para o TSE um patrimônio de R$ 455,5 mil reais. Em 2018, quando concorreu como vice do poste Haddad, havia declarado um total de R$ 94,5 mil.

Do total de bens declarados este ano, quase R$ 70 mil correspondem ao estoque de 2 mil exemplares do livro de sua autoria “E se fosse você? Sobrevivendo às redes de ódio e fake news” – se é que se pode chamar isto de bem.

Inscreva-se para centenas de horas de conteúdo

O impressionante crescimento de 382% – justamente nos anos iniciais do governo  Bolsonaro – mostram o quanto a economia liberal do ministro Paulo Guedes pode ser benéfica até para a turma que odeia o capitalismo – mas ama o capital.

É preciso, no entanto, reconhecer que a insatisfação com os rumos que o time de Paulo Guedes tenta implementar no país tem razão de ser: De 2010 a 2014, a moça teve um incremento de 1200% no seu patrimônio.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1