Digite para buscar

Lodo

Lembre do auge da moralidade de Renan Calheiros com a mídia

Novo herói nacional pós-Nhonho, paladino da ética, arauto da moderação democrática, Renan já acusou sem provas a jornalista Dora Kramer de lhe "assediar"

Avatar
Compartilhar
Lembre do auge da moralidade de Renan Calheiros com a mídia

Renan Calheiros é o mais novo herói nacional das redações brasileiras. Seu maior feito: presidir uma CPI contra o governo chato, feio e bobo que parou de distribuir o dinheiro de publicidade estatal que garantia a sobrevivência dos maiores veículos de comunicação.

Mônica Waldvogel, por exemplo. A jornalista já considerou Renan Calheiros um “ignóbil senador”, em abril de 2019, quando a velha raposa das Alagoas postou deselegâncias sobre a jornalista Dora Kramer no Twitter e depois apagou.

Hoje, Waldvogel enaltece o seu discurso “forte sob a cúpula e a bacia do Congresso Nacional”:

Um dos poucos que lembrou o verdadeiro espírito de Calheiros foi o jornalista Augusto Nunes: “Renan Calheiros é bandido”, disse Nunes no seu programa “Os Pingos nos Is”, na rádio Jovem Pan.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1