fbpx

Digite para buscar

Sob suspeita

Cl***qu**a no AM: familiares denunciam superdosagem no protocolo da morte

Duas famílias apresentaram denúncia de superdosagem em estudo de cl***qu**a ao MP/AM. Morte de 22 pacientes envolvidos na pesquisa é investigada em sigilo

Compartilhar
Cl***qu**a no AM: familiares denunciam superdosagem no protocolo da morte

Duas famílias que perderam familiares no estudo sobre a eficácia da cloroquina realizado em abril de 2020, em Manaus, apresentaram denúncia por suposta tentativa de fraude nos resultados da pesquisa ao Ministério Público do estado do Amazonas, informa o jornal Gazeta do Povo.

Coordenado por mais de 70 profissionais de diversas instituições e universidades, o estudo foi aprovado em três dias pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), órgão do Conselho Nacional de Saúde (CNS) que, por sua vez, é integrante da estrutura organizacional do Ministério da Saúde.

Segundo os denunciantes, os pesquisadores tentaram fazer parecer que os pacientes tomaram doses baixas quando, na verdade, a dose teria sido bem maior, o que levou à morte dos seus parentes.

De acordo com a Gazeta, “a denúncia é reforçada por depoimentos de médicos que acusam a equipe [de pesquisadores] de aplicar uma superdosagem fatal de cloroquina nos pacientes.”

Leia a reportagem completa.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1