Digite para buscar

Notas de repúdio

Cuba: Casa Branca subestima maiores manifestações ocorridas em décadas

Vinte e quatro horas após tuíte de funcionária do Departamento de Estado "esquecer" de mencionar principal motivo de protestos, Casa Branca divulga nota burocrática

Avatar
Compartilhar
Cuba: Casa Branca subestima maiores manifestações ocorridas em décadas

No dia em que irrompeu o que a Reuters relatou como a maior manifestação em décadas contra a ditadura em Cuba, a única menção que a Casa Branca fez aos acontecimentos veio de um tuíte de uma secretária interina do Bureau de Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado dos EUA.

“Protestos pacíficos estão crescendo em #Cuba com o povo cubano exercendo seu direito a manifestação pacífica para expressar preocupação com o aumento dos casos covid.”

A mensagem de Julie Chung, entretanto, dourou a pílula e esqueceu do principal.

Os cubanos não têm “direito a reunião pacífica” – como muitos direitos da Constituição cubana, a lei existe apenas em teoria.

Além do mais, a manifestação é um grito pela liberdade, algo que a secretária simplesmente ignorou em sua declaração.

Na manhã desta segunda-feira (12), a Casa Branca resolveu emitir uma breve e burocrática nota:

“Estamos ao lado do povo cubano e seu clamor por liberdade e alívio do trágico aumento da pandemia e décadas de repressão e sofrimento econômico a que têm sido submetidos pelo regime autoritário de Cuba. O povo cubano está impondo corajosamente os direitos fundamentais e universais. Esses direitos, incluindo o direito de protesto pacífico e o direito de determinar livremente seu próprio futuro, devem ser respeitados. Os Estados Unidos apelam ao regime cubano para que ouça seu povo e sirva suas necessidades neste momento vital, em vez de enriquecer-se a si mesmo.”

Os americanos ainda não estão acostumados, mas os brasileiros sabem bem qual é o peso de uma boa nota de repúdio.

Com informações de Breitbart News


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1