Digite para buscar

Cristofobia

França: Imigrante que incendiou catedral em 2020 é preso por assassinar padre

Emmaniel Abayisenga aguardava julgamento pelo incêndio, foi solto sob fiança em maio e assassinou pároco que o recebeu na comunidade e lhe deu abrigo e alimento

Compartilhar
França: Imigrante que incendiou catedral em 2020 é preso por assassinar padre

O imigrante ruandense Emmaniel Abayisenga, 40, assassinou o Padre Olivier Maire, chefe da comunidade montfortiana em Saint-Laurent-sur-Sèvre, na França. O crime aconteceu na segunda-feira (9).

O assassino, que é de Ruanda, estava preso e aguardava julgamento pelo incêndio criminoso da Catedral de Nantes, mas foi libertado sob fiança em maio.

O incêndio aconteceu em julho de 2020 no interior de uma catedral do século XV em Nantes, destruindo um grande órgão, vitrais e uma pintura.

Padre Olivier Maire tinha 60 anos e concordou em receber o imigrante em liberdade condicional em sua comunidade, dando-lhe abrigo e alimento.

O assassinato do Padre Olivier ocorre quatro anos após o terrível assassinato do padre católico francês Jacques Hamel, morto durante a celebração de uma missa.

Com informações de Breitbart News e The Sun


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1