Digite para buscar

Ideologia de gênero

Escócia: alunos de 4 anos poderão escolher gênero sem consentimento dos pais

Secretaria de Educação escocesa orienta que professores não avisem os pais nem questionem crianças que peçam para usar um novo nome ou um banheiro diferente

Compartilhar
Escócia: crianças de 4 anos poderão mudar de sexo sem consentimento dos pais

Crianças a partir dos quatro anos podem “mudar de sexo” na escola sem o consentimento dos pais, de acordo com novas diretrizes da Secretaria de Educação da Escócia. O conselho educacional frisou que qualquer aluno assim deseje deve ser apoiado e ouvido na escola.

A orientação foi dirigida às escolas primárias, para crianças de apenas quatro ou cinco anos, porque “o reconhecimento e o desenvolvimento da identidade de gênero podem ocorrer em uma idade jovem.”

A Secretaria também orienta que os professores não questionem uma criança que diz que deseja fazer a transição para viver como um menino ou uma menina – em vez disso, peça seu novo nome e pronomes. 

A conselheira de educação escocesa Shirley-Anne Somerville (foto) disse que estas orientações descrevem “como as escolas podem apoiar os jovens transgêneros, garantindo que os direitos de todos os alunos sejam totalmente respeitados.”

Segundo ela, a diretriz apenas “fornece sugestões práticas às escolas. A orientação não é prescritiva e não promove a transição.”

Com informações de Daily Mail


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1