Ciro Gomes pede ao TSE para retirar matérias da internet e perde liminar

Candidato do PDT pediu liminares para vídeos e reportagens contra ele saírem do ar; casos serão analisados depois do recesso

A ministra Rosa Weber, do TSE, negou cinco pedidos de liminares feitos pelo PDT para retirar da internet reportagens e vídeos críticos ao candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT-CE). Com a decisão, os casos serão analisados pelo tribunal só depois do recesso. A informação é do site Jota, especializado em jornalismo jurídico.

PUBLICIDADE

O PDT pediu a remoção de uma notícia do UOL, de reportagens da imprensa do Ceará e de alguns vídeos do Youtube, como Ciro Gomes confessa a Caetano: vou implantar o socialismo.

Já a notícia do UOL é a respeito de codinomes mencionados em planilhas da Odebrecht.

Eis um trecho da decisão da ministra Rosa Weber:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Vale lembrar que a liberdade de expressão não abarca somente as opiniões inofensivas ou favoráveis, mas também aquelas que possam causar transtorno ou inquietar pessoas, pois a democracia se assenta no pluralismo de ideias e pensamentos. É natural que pessoas públicas, como o notório pré-candidato, estejam sujeitas a maior escrutínio por parte da opinião pública, o que não revela, por si só, violação dos direitos da personalidade”.

—————

PUBLICIDADE

A revista Senso Incomum número 3 está no ar, com a reportagem de capa “Trump x Kim: Armas nucleares, diplomacia e aço”. Assine no Patreon ou Apoia.se!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Faça os cursos de especiais para nossos leitores de neurolinguística empresarial e aprenda a convencer e negociar no Inemp, o Instituto de Neurolinguística Empresarial!

Conheça o curso Introdução à Filosofia Política de Olavo de Carvalho, ministrado por Filipe Martins na plataforma do Instituto Borborema. Conheça também o curso Infowar: Linguagem e Política de Flavio Morgenstern.

Faça sua inscrição para a série Brasil: A Última Cruzada, do Brasil Paralelo, e ganhe um curso de História sem doutrinação ideológica por este link. Ou você pode aproveitar a promoção com as duas temporadas por apenas 12 x R$ 59,90.

Sem mais artigos