Falha de SP

ESCÂNDALO! Folha revela que Bolsonaro roubou na flexão

Sem entender movimentos políticos de Bolsonaro, Folha crítica seus movimentos físicos

Publicidade

O jornalista geralmente é aquele que não tem talento para nada, mas gosta de opinar sobre tudo. Essa máxima um tanto cruel e provocadora aqui no Brasil está se tornando a mais pura verdade. Nem sempre foi assim. Tivemos excelente profissionais que construíram a credibilidade que os de agora despejam ralo adentro.

Quem hoje se informa apenas pelas vias oficiais do nosso jornalismo, Folha, Estado, O Globo, dispõe de uma fé inabalável na sabedoria dos imbecis, na virtude dos desonestos. Entupidos de ideologia até o fundico da alma, os jornalistas desses veículos dedicam-se descaradamente a uma única função: desestabilizar o governo.

Na última semana, esses primores de sensatez e imparcialidade tentaram usar um espanhol anônimo, um “exuberante famoso quem?” de Burkina Faso e outras falcatruas para tentar tapear seus leitores. A Folha, diga-se, tem usado muito a opinião de seu leitor em diversas manchetes. Lendo a Folha, os quatro ou cinco abnegados, não é de espantar que esse sujeito ande tão mal informado.

Tentando fugir do estigma, num ímpeto investigativo, a Folha resolveu analisar os movimentos do presidente. Infelizmente para os seus mal informados leitores, Folha resolveu analisar os movimentos físicos e não políticos de Bolsonaro.

Não será nenhuma surpresa se na próxima semana O Globo resolver demonstrar que Bolsonaro não sabe assoviar e que isso é típico de líderes antidemocráticos e o Estadão, em editorial,  esclareça aos seus leitores que Bolsonaro faz a barba uma vez a cada dois dias, o que é um sinal claro de psicopatia.

Enquanto isso, os seus leitores continuam órfãos de análises sobre desempenho político, rumos do país… A Folha flexiona a verdade. Não está claro se ela não sabe o que é jornalismo ou se não consegue fazer.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

 

Sem mais artigos