Cana brava

Do xilindró, Lula diz que Bolsonaro não respeita a cadeira de presidente

Líder do maior assalto aos cofres públicos do mundo, preso em Curitiba, Lula acha que roubar não é tão grave quanto dizer bobagens

Condenado por corrupção, o ex-presidente Lula, o manguaça, disse no Twitter que Bolsonaro fala muita bobagem e que não respeita a cadeira de presidente. Para surpresa de qualquer um que tenha feito o primário, o que não é o caso de Lula (talvez por isso ele não expresse nenhuma ordem lógica no que diz), o que o chefão do crime organizado petista quer dizer é que roubar um país tão necessitado como o nosso é menos grave que dizer umas bobagens em entrevistas.

Lula ainda disse que Bolsonaro trapaceou para conseguir se eleger (sic). É espantoso a falta de vergonha na cara de um sujeito que jogou o país num lamaçal de corrupção, aparelhando a esfera pública com todo tipo de gatuno e pilantra. Sua fala é a de um psicopata.

Bolsonaro tem feito declarações absurdas e grosseiras. Não deveria agir assim. Na nossa não muito sólida república, presidentes não tem sido lá exemplos de postura e cumpridores da etiqueta. Nesse ponto, Bolsonaro é mais um. O que o diferencia é o senso de missão que assumiu e o quanto trabalha para as reformas que farão o país avançar. Se ele tiver sucesso nessa missão, todos ganham.

————–

Confuso com o governo Bolsonaro? Desvendamos o nó na revista exclusiva para patronos através do Patreon ou Apoia.se.

Não perca o curso Ciência, Política e Ideologia em Eric Voegelin, de Flavio Morgenstern, no Instituto Borborema!

Consiga uma vaga de emprego ou melhore seu cargo fazendo seu currículo no CVpraVC!

Adquira as camisetas e canecas do Senso Incomum na Vista Direita.

Assine o Brasil Paralelo e tenha acesso à biblioteca de vídeos com mais de 300 horas de conteúdo!

 

Publicidade
Sem mais artigos