Juveninho

América passa Brasil na frente da Argentina para entrada na OCDE

Todos sabiam, exceto Felipe Moura Brasil, que passou dias atacando a "ideologia" (?!) geopolítica do governo Bolsonaro, DEPOIS de Trump já ter explicado que havia fila

Publicidade

Em outubro do ano passado, a grande mídia notíciou que Trump havia mentido para Bolsonaro sobre a entrada do Brasil na OCDE, pois uma carta enviada à organização somente endossava a entrada da Argentina e Romênia. Para variar, mais uma Fake News que o próprio Trump teve que desmentir.

O motivo era que os EUA tinha prometido endossar a entrada desses dois países antes, mas o Brasil estava na fila.

“A declaração conjunta divulgada com o presidente Bolsonaro em março deixa absolutamente claro que apoio o Brasil no início do processo de adesão plena à OCDE. Os Estados Unidos defendem essa declaração e defendem @jairbolsonaro. Este artigo é FAKE NEWS!”

Mesmo após essa declaração, militantes da isentosfera como Felipe Moura Brasil, que agem sempre para favorecer Bebianno e Paulo Marinho, disseram que Trump “recuou”, sendo que o presidente americano continuou dizendo o que até a Folha de S. Paulo (!!!) já sabia na época: que havia ordem de chegada, e já tinha Romênia e Argentina na fila. Como se a América estivesse hiper interessada na Romênia, que nos últimos séculos, exceto os grandes filósofos e escritores, só exportou foi o Drácula.

Ontem, dia 14, o ministro Ernesto Araújo confirmou a entrada do Brasil na OCDE e passa na frente da Argentina:

No entanto, mesmo após muitas confirmações, a grande mídia ainda quer dar entender que Trump mudou de ideia repentinamente. Esse trecho da BBC News corrobora: “Depois de parecer que não o faria“.

Nem Felipe Moura Brasil quis dar o braço a torcer, preferiu atacar quem mostrou que ele estava errado.

A genialidade do jornalista é manter o emprego mesmo errando tudo.


Conheça a importância da Primeira Guerra Mundial assinando o Guten Morgen Go – go.sensoincomum,org!

Publicidade
Sem mais artigos