É claro

“Estudo” diz que protestos do Black Lives Matter teriam “evitado” disseminação de Covid-19

Estudo feito nos EUA indica que as milhares de pessoas que participaram dos protestos violentos não contribuíram para a disseminação do vírus chinês

O jornal The Colorado Sun divulgou informações sobre um estudo sobre a propagação de Covid-19 nos protestos do Black Lives Matter que está acontecendo em várias cidades americanas.

Andrew Friedson, professor da Universidade de Colorado e co-autor do estudo, disse que estava preocupado com os impactos do vírus nos cidadãos a medida em que os protestos cresciam. Por isso acionou a sua equipe de estudos para mensurar os novos casos de Covid-19 e rastrear os manifestantes pelos celulares.

O professor percebeu que os protestos poderiam ter “retardado” a disseminação geral do coronavírus nas cidades com grandes manifestações:

“Achamos que o que está acontecendo é que as pessoas que não vão protestar estão ficando longe. O efeito geral para toda a cidade é mais distanciamento social, porque as pessoas estão evitando os protestos.”

O estudo ainda precisa ser revisado pelos pares.


Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Publicidade
Sem mais artigos