Digite para buscar

Dois pesos, duas medidas

YouTube censura documentário da Brasil Paralelo, mas mantém clipe com apologia ao tráfico

Documentário da Brasil Paralelo foi classificado como impróprio para menores por cenas históricas de guerra, mas clipe de rap com gente dançando com fuzil na mão pode ser visto pelo seu filho de seis anos sem problema

Avatar
Compartilhar
YouTube censura documentário do Brasil Paralelo, mas mantém clip com apologia ao tráfico Documentário do Brasil Paralelo foi classificado como impróprio para menores por cenas históricas de guerra, mas clipe de rap com gente dançando com fuzil na mão pode ser visto pelo seu filho de seis anos sem problema

O YouTube restringiu o acesso a menores de 18 anos ao segundo episódio de “O Fim das Nações”, novo documentário produzido pela Brasil Paralelo. Para poder assistir ao vídeo, que faz parte de uma série de três documentários, é necessário estar logado na plataforma, com uma conta de um maior de idade.

A explicação mais plausível à restrição poderia ser a apresentação de imagens da guerra do Vietnã e de outros conflitos internos dos EUA. Ninguém vê problema em se submeter às regras de uma empresa privada. O que causa indignação é não existir o mesmo tipo de restrição a um clipe de rap com as imagens abaixo, muito mais pesadas do que filmagens de períodos históricos, como os retratados no documentário.

É cada vez mais explícita a tentativa das Big Techs de atrapalhar a difusão de conteúdos contrários à narrativa progressista, que subvertem o bem e o mal, o belo e o feio, o justo e o injusto, a verdade e a mentira. Podem tentar. Não terão sucesso.

Você pode se tornar membro da Brasil Paralelo, participar do núcleo de formação e ainda ter acesso a centenas de horas de conteúdos exclusivos clicando aqui.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1