Digite para buscar

Editor do mundo

Por que o Facebook não baniu contas Black Lives Matter como baniu Trump?

Mark Zuckerberg, que nunca condenou os protestos violentos do BLM, usa a invasão do capitólio como desculpa para banir Donald Trump do Facebook e Instagram

Avatar
Compartilhar
Por que o Facebook não baniu contas Black Lives Matter como baniu Trump?

O fundador do Facebook Mark Zuckerberg resolveu banir por tempo indeterminado as contas do presidente Donald Trump de suas plataformas (Facebook e Instagram).

Em seu perfil oficial, o CEO da maior rede social do mundo se disse chocado com os protestos em Washington, que resultaram na morte de uma mulher.

Para Zuckerberg, permitir que Trump use suas redes é um risco “grande demais” para a democracia americana. O presidente, segundo ele, estaria usando as redes sociais para “incitar a insurreição violenta contra um governo democraticamente eleito.”

BLM e Antifa, no entanto, nunca mereceram banimento e nem uma palavra de condenação por parte de Zuckerberg. As duas organizações foram as principais responsáveis pelos vários protestos que destruíram bairros inteiros e deixaram 34 mortos em toda a América.

Twitter foi na onda

Na tarde dos protestos no Capitólio, o presidente Trump postou um vídeo pedindo que os manifestantes voltassem para casa e não apelassem à violência. O vídeo não podia ser curtido, comentado ou compartilhado.

Logo em seguida, o Twitter de Jack Dorsey bloqueou o acesso de Trump por 12 horas. Figuras como Nicolás Maduro e Ali Khamenei, seguem tuitando sem problemas.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1