Digite para buscar

Uma boa cova

Esquerdistas chamam Major Olímpio de “arrombado” e afirmam que foi para o inferno

Dupla aleatória de extrema esquerda zomba da morte de Major Olímpio enquanto ganha dinheiro do YouTube

Avatar
Compartilhar
esquerdaradical

O fetiche dos esquerdistas por cadáveres já é sabido. Incapazes de estabelecer suas idéias no mundo real, fazem do apelo às emoções baratas a fonte única de sua persuasão. 

Qualquer um que não seja um esboço de ditador genocida, um Stalin ou Fidel, é visto como uma não pessoa, como lixo orgânico. Não há motivos para compaixão.

Foi isso que uma dupla aleatória fez ao debochar de Major Olímpio, morto na tarde de ontem, 18 de março. Os notórios desconhecidos, abusando da elegância Romero Brito da esquerda, chamaram o senador de arrombado e que havia chegado atrasado no date com o capeta.

O marmanjo, uma espécie de cosplay do Paulinho da Força, sentia-se claramente vingado, afinal, Major Olímpio parecia não ter muita compaixão com seus ídolos, os bandidos. “Se fudeu!”, sentenciou o vetusto rapagão, no mesmo idioma do Padre Vieira e da Benedita da Silva.

O destaque fica para a jovem. Ostentando sua beleza Frida Khalo (a de verdade, não a atriz que a interpretou no cinema), debulhava-se em gargalhadas sinceras, como sói ocorrer a qualquer esquerdista que vê num paredão seus inimigos políticos. 

Indignada, a Dona Bela da extrema esquerda dizia que o senador só pensava naquilo: em armar a população. A mesma moça que fizera, algum tempo antes, um post pedindo respeito com Marielle Franco, o cadáver mais venerado da esquerda brasileira. 

É a misericórdia seletiva.

https://twitter.com/patrickcantor/status/1372868839445250048?s=21

Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1