fbpx

Digite para buscar

Disney's (Drag) Princess

Disney promove roda de histórias Drag Queen para filhos de funcionários

Empresa quer celebrar "fluidez de gênero na infância", promovendo "modelos descaradamente queer" em ação interna de Halloween

Compartilhar
Disney promove roda de histórias Drag Queen para filhos de funcionários

Uma divisão da Walt Disney Co. está promovendo um evento de roda de histórias com Drag Queen para os filhos de funcionários com a intenção de celebrar a “fluidez de gênero na infância.” A ação faz parte das comemorações de Halloween da Disney Media & Entertainment Distribution, divisão que cuida dos serviços de streaming da empresa.

O “Drag Queen Spooky Story Hour” está programado para acontecer em ambiente virtual nesta quarta-feira (27), segundo um convite enviado por e-mail para os funcionários.

O evento com tema de Halloween irá capturar “a imaginação e o jogo da fluidez de gênero da infância” e dará às crianças “modelos de papel glamourosos, positivos e descaradamente queer”, diz o e-mail ao qual o portal Breitbart News teve acesso.

Um funcionário disse ao Breitbart que alguns de seus colegas demonstraram preocupação com o evento, “embora eu acredite apenas entre eles, achando impróprio que a Disney promova este conteúdo para filhos de funcionários participarem.”

“Ninguém é obrigado a participar que eu saiba. Mas alguns ficaram chocados com o fato de que isso teria sido enviado da empresa para os funcionários”, disse o funcionário, que pediu para permanecer anônimo.

Procurada, a Disney não se pronunciou.

Na foto de destaque: Drag Queen Carla Rossi participa do evento Drag Queen Storytime na biblioteca pública St. John, em Portland, Oregon (outubro/2018)

Crédito da imagem: St. Johns Library (alguns direitos reservados)

Com informações de Breitbart News

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Assuntos:
Leonardo Trielli

Leonardo Trielli não é escritor, não é palestrante, não é intelectual. Também não é bombeiro, nem frentista, não é formado em economia e nem ciências políticas. Nunca trabalhou como mecânico e nem bilheteiro de circo. Twitter: @leotrielli

  • 1