Kill

“Atirem para matar”, disse o presidente das Filipinas

Para garantir que o coronavírus não se espalhe entre cidadãos rebeldes que desrespeitam a quarentena, presidente ordena uso de força letal

De acordo com a revista IstoÉ, autoridades das Filipinas autorizaram as forças de segurança a atirar em cidadãos que desrespeitarem as medidas de quarentena no país.

O presidente filipino Rodrigo Duterte, em discurso transmitido na TV nesta quinta-feira, 2, disse que qualquer aglomeração ou protesto será respondido com força letal para que o corona não se espalhe:

“Está piorando. Então, mais uma vez, estou falando a vocês sobre a seriedade do problema e que vocês precisam ouvir. Minhas ordens à polícia e aos militares… se houver tumultos e alguma ocasião em que houver reação e as vidas de vocês estiverem em perigo, atirem para matar. Está entendido? Para matar. Em vez de causarem tumultos, enterrarei vocês.”

As Filipinas já registram 2.311 casos confirmados e 96 mortes no país.

As Filipinas já registram 2.311 casos confirmados e 96 mortes no país


Guten Morgen Go – Primeira Guerra Mundial já está no ar!! Conheça o conflito que moldou o mundo problemático em que vivemos em go.sensoincomum,org!

Publicidade
Sem mais artigos