Amor ao próximo

Vera Magalhães tripudia de demissões no Madero: “capaz de tentar morder algum no BNDES”

Jornalista que demonstra compaixão com o desemprego gerado pela crise tomando vinho de R$ 200 revela novos sentimentos samaritanos

Publicidade

A vida está nos detalhes. É assim que se capta a biografia essencial de alguém. Qualquer criança que já tenha desenvolvido algum discernimento na vida sabe que quem tem que provar o tempo todo que é feliz está bem longe de ser feliz.

Esse é o caso da senhora Vera Magalhães. Basta uma passada rápida em seu twitter para ver que, em meio a tanto ataque de pelanca, há uma alma sofrível, vazia, gritando por socorro. É vídeo na banheira e foto com vinhos e frios só para provar que está acima das disputas políticas, mesmo que nos outros 1438 minutos do dia ela fique chafurdando e monitorando a vida de todos os seus desafetos. Como se vê, é uma vida muito feliz.

Vera-madero

Vera é um pote até aqui de mágoas. E de incoerências também.

Vera-demissão


Guten Morgen Go – Primeira Guerra Mundial já está no ar!! Conheça o conflito que moldou o mundo problemático em que vivemos em go.sensoincomum,org!

Publicidade
Sem mais artigos