Digite para buscar

Genocídio

China faz aborto forçado de minorias étnicas

Como parte da campanha para "purificar" a etnia uigur, Partido Comunista Chinês mata seus recém-nascidos

Avatar
Compartilhar
Uigures, China, aborto

Os uigures são uma etnia predominantemente muçulmana que vive no oeste da China, na província de Xinjiang.

Desde 2016, o regime comunista chinês internou pelo menos um milhão de uigures em centenas de campos de prisioneiros – os chamados “centros de reeducação“, – onde são forçados a abandonar sua herança cultural e religiosa, informou o Business Insider.

O Partido Comunista Chinês (PCC) justifica que as prisões são necessárias para o “combate ao extremismo religioso

Hasiyet Abdulla, um médico uigur que trabalhou 15 anos em hospitais em Xinjiang, disse que quando uma gestante da etnia já fosse mãe de dois ou três filhos, o aborto era realizado, independente do tempo de gestação:

A ordem, que vem de cima, é impressa e distribuída em documentos oficiais. Os hospitais que não obedecem são multados. Por vezes, membros da equipe médica matam bebês mesmo depois de nascidos

Em junho, um relatório da agência Associated Press (AP) detalhou como a China vinha esterilizando compulsoriamente ou usando dispositivos intra-uterinos para evitar a gravidez de mulheres uigures. A taxa de natalidade da etnia caiu quase 24% em 2019, de acordo com a AP.

Ex-presidiários dos campos de concentração disseram que foram submetidos a experimentos médicos e forçados a cantar a canção de propaganda do PCC em troca de comida.

Pequim negou a acusação.


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Oliver

Oliver é dropista, podcaster e palestrante. Twitter: @Oliver_talk

  • 1