Digite para buscar

Podcast

Guten Morgen 104: Como restaurar a liberdade no Brasil

Sob o argumento de defender a "democracia", toda perseguição política foi legalizada em 2020 por uma manipulação de termos. Vamos resgatar a liberdade no Brasil agora

Avatar
Compartilhar

Guten Morgen, Brasilien! Iniciando nosso novo ciclo com o seu podcast preferido, vamos falar sobre o tema mais urgente do país – como restaurar a liberdade no Brasil que perdemos em 2020?

O mecanismo é simples, até simplório: falaram tanto que Bolsonaro é um ditador, um nazista, um preconceituoso (tinha todos os preconceitos do planeta ao mesmo tempo), um tirano, um risco à tal democracia, que qualquer coisa que seja feita contra Bolsonaro, ou melhor, contra a eleição e os eleitores de Bolsonaro, contra alguém preferir Bolsonaro a outros, contra qualquer movimento que discorde de jornalistas, é tido como lícito, legal, moral – tudo aquilo que chamam de “democrático”.

Prender jornalistas foi algo sempre considerado tirânico. Mas se o jornalista tem preferência pelo Bolsonaro – ou mesmo só pela direita –, voilà, prender faz bem para a democracia!

Uso do Estado para perseguir opositores? É por isso que chamam o AI-5 de ditadura. Agora, é para proteger a democracia.

Inquérito do fim do mundo criticado como anti-democrático pela OEA? Mas é contra os anti-democráticos, então precisamos acabar com suas “liberdades democráticas” para que eles não destruam a democracia!

Inscreva-se no Brasil Paralelo e saiba quem vai definir o que é verdade em nome da democracia

Censura prévia a publicações, além de controle de notícias como “verdadeiras ou falsas” por agências? Coisa de democracia, pra evitar ditaduras, que vão deixar tudo ser publicado sem democratizar!

E pessoas que são tratadas como culpadas até prova em contrário por existirem, ocuparem lugar no espaço, terem nariz sem estar descoberto e precisarem ir ao mercado sem serem celebridades da Globo?

Reparou como as pessoas estão simplesmente aceitando viver em um dos maiores totalitarismos – senão o maior já inventado – simplesmente por uma manipulação lingüística? Chamar de “democrático” tudo aquilo que é um meio de controle de desafetos e discordâncias?

Vamos explicar nesse episódio como resgatar o domínio da linguagem para não deixar nossos amigos caírem nessas armadilhas. E mostrar o tamanho da diferença que teremos com meros detalhes que precisamos fazer ao falar, discutir, noticiar – mas, claro, fazendo com estratégia, com organização, em grupo, com inteligência e procurando resgatar nossa liberdade!

E não se esqueça se filiar ao Brasil Paralelo, para irritar jornalistas que adoram manipular e nos chamar de fake news, enquanto preconizam narrativas burras e, óbvio, mais fake do que uma nota de R$ 3!

A produção é de Filipe Trielli e David Mazzuca Neto na Panela Produtora, com produção visual de Gustavo Finger da Agência Pier. Guten Morgen, Brasilien!


Seja membro do Brasil Paralelo e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Flavio Morgenstern

Flavio Morgenstern é escritor, analista político, palestrante e tradutor. Seu trabalho tem foco nas relações entre linguagem e poder e em construções de narrativas. É autor do livro "Por trás da máscara: do passe livre aos black blocs" (ed. Record).

  • 1