Digite para buscar

Mundo de Beakman

Atila posta fake news sobre h*****x*****a, apaga e finge que nada aconteceu

Garoto propaganda "anti-fake news" do TSE soltou fake news, mas continua dizendo que "provaram que h*****x*****a não funciona"

Avatar
Compartilhar
atila-ciencia

Quando tomei conhecimento de mais uma fake news do nosso mascote da ciência, Atila Tamarindo, pensei: deve haver alguma fábula que explique essa desordem moral aguda pela qual a nossa elite falante está passando há uns 40 anos, pelo menos.

La Fontaine e Esopo certamente já desvendaram as artimanhas dos nossos lobos-maus para capturar cordeiros indefesos*. O rei está nu! E sem orelhas!, grita o garoto sincero de Hans Christian Andersen. 

brasilparalelologo
Assine a Brasil Paralelo por apenas R$ 10 mensais

A percepção moral dos antigos jamais se deixa seduzir por tipos de fala mansa, cheios de trejeitos que simulam as virtudes que lhes faltam. Atila é só mais uma gota no oceano de fingimento que margeia e avança sobre as pequenas ilhas de sensatez. 

O perseguidor que quer calar seus adversários sob o pretexto de que eles disseminam fake news nem se deu ao trabalho de ler o estudo sobre as conclusões do tratamento com a h*****x****a e já saiu bradando contra o remédio – uma gigantesca fake news -, alegando que um dos maiores entusiastas do tratamento precoce havia voltado atrás.

https://twitter.com/_Leitadas_Loen/status/1351173602272538626

A sina do presunçoso é sempre cair em contradição. Atila já previu milhões de mortes, enquanto fazia propaganda de carro no YouTube. 

Quem quer salvar vidas não faz espetáculo circense defendendo um único tipo de cura, mas disponibiliza ao doente todas as possibilidades de tratamento.

Por essa lógica, negar a um doente de câncer um tratamento alternativo seria válido? Impedir um aidético, no anos 1980, de buscar homeopatias ou chás milagrosos, ainda que remota a sua  chance de cura, também? 

A lógica da busca por uma cura definitiva a despeito de toda sorte de tratamentos e prevenções configura na história humana um dos capítulos mais sombrios. Que os historiadores de verdade saibam separar quem é de fato um obscurantista de quem é simplesmente cético.

* Infelizmente, a distância me impede de consultar minha pequena biblioteca.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1