Digite para buscar

minoria opressora

Política francesa: “Brancos deveriam se calar” na França

Audrey Pulvar, socialista na administração de Paris, diz que brancos "não devem ser banidos", mas devem "se calar" ao irem a encontros sobre discriminação

Avatar
Compartilhar
pulvarcraz

A estratégia de se cooptar as minorias transformando-as em vítimas incondicionais da opressão social está em vias de se consolidar na Europa. 

Qualquer um que fuja aos estereótipos de gênero, raça, forma do nariz, será sentenciado a uma vida de segunda ordem, tendo que obedecer aos seus oprimidos históricos se não quiser virar estatística nalgum paredão por aí.

Ninguém mais se acanha em falar abertamente sobre perseguir brancos pelo simples fato de serem brancos. A política francesa Audrey Pulvar, socialista ultra radical que trabalha na administração de Paris, disse que brancos devem se calar quando as pessoas de cor discutem.

Segundo o site RT, Pulvar, que foi apresentadora de tevê e jornalista (o mal do século), disse que homens brancos e mulheres brancas que vão a suas reuniões são instados a “ficarem quietos”, a serem “espectadores silenciosos”.

A idéia de que o eurocentrismo oprimiu o mundo é uma idéia eurocêntrica, criada por toda sorte de pensadores ultra socialistas franceses, alemães e ingleses, cujo único interesse era ver a revolução comunista sendo implantada. 

Está dando certo.


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Entenda o pensamento do maior psicólogo da atualidade: Jordan Peterson – Entre a Ordem e o Caos!

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Vista Direita

Assuntos:
Avatar
Carlos de Freitas

Carlos de Freitas é o pseudônimo de Carlos de Freitas, redator e escritor (embora nunca tenha publicado uma oração coordenada assindética conclusiva). Diretor do núcleo de projetos culturais da Panela Produtora e editor do Senso Incomum. Cutuca as pessoas pelas costas e depois finge que não foi ele. Contraiu malária numa viagem que fez aos Alpes Suiços. Não fuma. Twitter: @CFreitasR

  • 1