Digite para buscar

Censura

Twitter encerra contas de James O’Keefe e do Project Veritas por “violação de regras”

Na semana em que fundador do Project Veritas divulga vídeos escancarando a manipulação política da CNN, rede social, POR MERA COINCIDÊNCIA, encerra contas de autor e de site investigativo

Compartilhar
Sem evidências, Twitter cancela James O’Keefe por “violação de regras”

No último dia 15, após divulgar a terceira parte de vídeos expondo a manipulação de informações praticada pela rede CNN em favor das agendas da esquerda, o Twitter suspendeu permanentemente a conta do jornalista James O’Keefe, fundador do Project Veritas – um site de denunciantes internos que revelam quando a mídia confabula para manipular a opinião pública e enganar os trouxas.

Recentemente, a conta do Project Veritas já havia sido banida da rede.

O’Keefe vinha divulgando, desde o dia 13, vídeos do diretor técnico da CNN, Charlie Chester, declarando que a rede de TV trabalhou para tirar o ex-presidente Donald Trump do cargo.

Sem nenhuma evidência, a rede social alegou que O’Keefe estava violando as regras do Twitter sobre manipulação de plataforma e spam:

“Conforme descrito em nossa política sobre manipulação de plataforma e spam, ‘Você não pode enganar outras pessoas no Twitter operando contas falsas’ e ‘não pode ampliar ou interromper artificialmente as conversas por meio do uso de várias contas’”, disse o Twitter.

O’Keefe imediatamente divulgou um comunicado dizendo que estava processando a plataforma pela falsa acusação de “operar contas falsas”.

“Estou processando o Twitter por difamação porque eles disseram que, eu, James O’Keefe, ‘opero contas falsas’. Isso é falso, isso é difamatório e eles vão pagar [por isso]. ”

Donald Trump Jr., integrante do Project Veritas, também respondeu à censura do Twitter:

“Caso você ainda não tenha descoberto como funciona… @CNN espalha propaganda para eleger democratas [e] então @Twitter interfere para proteger a CNN. Eles estão todos no mesmo time.”

O jornalista investigativo Andy Ngo, editor geral do site canadense The Post Millennial tuitou:

“Depois que a última série de vídeos constrangedores para a CNN foi lançada, @JamesOKeefeIII foi banido permanentemente do Twitter.”

“A conta @Project Veritas também foi banida recentemente. É assim que a big tech trabalha junto da mídia corporativa progressista para derrubar adversários.”

O brasileiro Mario Balaban, integrante da área de mídia e comunicação do Project Veritas, disse ao Washington Examiner que, além da conta de O’Keefe, duas outras contas associadas ao Projeto Veritas já foram banidas pelo Twitter.

“O Twitter não nos diz de que contas falsas eles estão falando. Eles estão inventando, é tudo bobagem”, disse Balaban.

Com Informações de Daily Wire e Washington Examiner


Seja membro da Brasil Paralelo por apenas R$ 10 por mês e tenha acesso a horas de conteúdo sobre liberdade de expressão!

Conheça a Livraria Senso Incomum e fique inteligente como nós

Vista-se com estilo e perca amigos com a loja do Senso Incomum na Panela Store

Faça seu currículo com a CVpraVC e obtenha bônus exclusivos!

Assuntos:
Luigi Marnoto

Luigi Marnoto é cozinheiro e só não foi guia de cego e bombeiro. Atualmente escreve no Senso em troca de uns caraminguas. É pai e avô quase exemplar e campeão de porrinha.

  • 1